quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Como saber se uma pessoa gosta de scat?



Às vezes, você, scater, recebe uma cantada, um convite para sair. E pensa: poxa, se a pessoa me curtiu, acho que posso arriscar e ver qual é a dela. Mas, gosto muito de scat e não quero fazer apenas sexo convencional. Como posso descobrir se a outra pessoa me daria uma "brecha" nesse sentido?

Muito bem. Apesar de estar se tornando um fetiche relativamente comum, o scat ainda é uma prática que envolve tabus e assusta algumas pessoas. Por isso, devemos lutar continuamente para a difusão do fetiche a fim de quebrar barreiras e preconceitos.

Mesmo assim, para falar de scat, não pode ser de qualquer jeito. É preciso ter delicadeza, esperar o momento certo. Não se fala de scat logo de cara. É necessário que, antes, você tenha conversado com a pessoa algumas vezes para entrar nesta seara.

Nesse caso, quando for falar de sexo com essa pessoa, seja homem ou mulher, é possível usar aquela velha desculpa do "um amigo meu..." e, com jeitinho, descobrir o que a pessoa acha da prática. Vá pelas beiradas, seja paciente. Costumo também, falar que aconteceu isso ou aquilo com uma amiga, que já fez anal e saiu cocô, ou que o marido ou namorado pediu pelo scat, explico o que é scat e vejo a reação.

Se a pessoa for totalmente avessa ao scat, nem perco meu tempo. Já dispenso, digo que não vai rolar e pronto. Por outro lado se você, homem ou mulher, está interessado num parceiro ou parceira, pode identificar se ele ou ela gosta de scat até sem perguntar.

A pessoa que tem tesão extremo em bunda e cu por exemplo, é um perfil propício. Pode ser um forte indício de que curte scat. Se a pessoa também não curte tomar banho antes do sexo e quer que você faça o mesmo, é outro indicativo. Scaters gostam de cheiros fortes do corpo humano, vagina, pênis e cu (principalmente!).

Mesmo assim, tenha muito cuidado ao reparar estes detalhes ou na abordagem a alguém sobre o fetiche. Nossa sociedade ainda é pouco evoluída e psicologicamente frágil, além de moralista e conservadora. Muita gente vai considerá-lo doente mental, louco, etc. Não ligue. Um dia, tenho certeza de que esse quadro vai mudar. Por hoje é isso, gente! Um cheiro no cu! E entrem em contato comigo pelo skype: amocheirarmerda@hotmail.com.

3 comentários:

  1. Sou homem e curto scat com outros homens. De Brasilia/DF

    brasilia.kaup@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir